domingo, 31 de maio de 2009

Do Pentecostes judaico ao Pentecostes cristão

O Monte Sinai é o símbolo do Monte Sião.Reparai até que ponto as duas alianças se ecoam uma à outra, com que harmonia a festa de Pentecostes é celebrada em cada uma delas.O Senhor desceu ao Monte Sião no mesmo dia e de maneira muito semelhante a como tinha descido ao Monte Sinai.Escreve Lucas: «Subitamente ressoou, vindo do céu, um som comparável ao de forte rajada de vento, que encheu toda a casa onde se encontravam. Viram então aparecer umas línguas à maneira de fogo, que se iam dividindo, e pousou uma sobre cada um deles» (Act 2, 2-3). Sim, tanto num como noutro monte se ouve um ruído violento e se vê um fogo. No Sinai, foi uma nuvem espessa, no Sião o esplendor de uma luz muito forte. No primeiro caso, tratava-se de «imagem e sombra» (Heb 8, 5), no segundo caso da realidade verdadeira. No passado, ouviu-se o trovão, hoje discernem-se as vozes dos apóstolos. De um lado, o brilho dos relâmpagos; do outro, prodígios por todo o lado.«Moisés mandou sair o povo do acampamento, para ir ao encontro de Deus, e pararam junto do monte» (Ex 19, 17). E, nos Atos dos Apóstolos, lemos que «ao ouvir aquele som poderoso, a multidão reuniu-se e ficou estupefata» (v. 6). O povo de toda a Jerusalém reuniu-se aos pés da montanha de Sião, ou seja, no lugar onde Sião, a imagem da Santa Igreja, começou a ser edificado, a colocar os seus fundamentos. «Todo o Monte Sinai fumegava, porque o Senhor havia descido sobre ele no meio de chamas», diz o Êxodo (v. 18). Como poderiam deixar de arder aqueles que tinham sido abrasados pelo fogo do Espírito Santo? Assim como o fumo assinala a presença do fogo, assim também, pela segurança dos seus discursos e pela diversidade das línguas que falavam, o fogo do Espírito Santo manifestou a Sua presença no coração dos apóstolos. Felizes os corações que estão cheios deste fogo! Felizes os homens que ardem com este calor! «Todo o monte estremecia violentamente. Os sons da trombeta repercutiam-se cada vez mais» (vv. 18-19). Assim também a voz dos apóstolos e a sua pregação se tornaram cada vez mais fortes, fazendo-se ouvir cada vez mais longe, até que «por toda a terra caminha o seu eco, até aos confins do universo a sua palavra» (Sl 18, 5).

São Bruno de Segni (c. 1045-1123), bispo

sábado, 30 de maio de 2009

Aconteceu... CURADOS PARA AMAR

Foi um encontro de cura e libertação, realizado nos dias 23 e 24 de maio e tivemos como pregador o Pe. Josenilson, este encontraconteceu no auditório da II URSAP que fica localizado na Rua Dr João Marcelino S/N - Nova Betânia - Mossoró.

Confira algumas fotos:



























30 de maio dia de Santa Joana d'Arc, Virgem

A donzela suscitada por Deus para libertar a França dos ingleses, depois devencer as resistências dos que não queriam reconhecer a sua missão,conseguiu obter vitórias espantosas sobre os invasores e obteve a coroaçãodo rei Carlos VII em Reims. Sua obra parecia terminada, mas Deus aindaqueria dela um sacrifício supremo. Traída e entregue aos ingleses, foijulgada iniquamente e queimada como feiticeira. Mais tarde a Igreja areabilitou e reconheceu a heroicidade de suas virtudes. Foi beatificada em1909, pelo Papa São Pio X, e canonizada por Bento XV em 1920.

Oração:
Ó Santa Joana D'Arc, vós que, cumprindo a vontade de Deus, de espada em punho, vos lançastes à luta, por Deus e pela Pátria, ajudai-me a perceber, no meu íntimo, as inspirações de Deus. Com o auxílio da vossa espada, fazei recuar os meus inimigos que atentam contra a minha fé e contra as pessoas mais pobres e desvalidas que habitam nossa Pátria. Santa Joana D'Arc, ajudai-me a vencer as dificuldades no lar, no emprego, no estudo e na vida diária. Ó Santa Joana D'Arc atenda ao meu pedido (pedido). E que nada me obrigue a recuar, quando estou com a razão e a verdade, nem opressões, nem ameaças, nem processos, nem mesmo a fogueira. Santa Joana D'Arc, iluminai-me, guiai-me, fortalecei-me, defendei-me. Amém.

Santa Joana d'Arc, rogai por nós!

História de Nossa Senhora de Fátima

No dia 5 de maio de 1917, durante a 1º guerra mundial, o papa Bento XV convidou os católicos do mundo inteiro para se unirem em uma cruzada de orações para obter a paz com a intercessão de N. Senhora. Oito dias depois a Beatíssima Virgem dava aos homens a sua resposta, aparecendo a 13 de maio a três pastorinhos portugueses, Lúcia de dez anos, Francisco de nove e Jacinta de sete. A senhora marcou com eles um encontro naquele mesmo lugar, um lugar espaçoso e descampado denominado Cova da Iria, para dia 13 de todo mês. Lúcia, a maiorzinha, recomendou aos primos para não contarem nada em casa. Mas Jacinta não soube guardar o segredo e no dia 13 de junho, os três pastorinhos não estavam mais sozinhos no encontro.
No dia 13 de julho Lúcia hesitou em ir ao encontro porque os pais a havia maltratado, mas depois se deixou convencer por Jacinta e foi precisamente durante a 3ª aparição que N. Senhora prometeu um milagre para que o povo acreditasse na história das três crianças. A 13 de agosto os três videntes, fechados no cárcere, não puderam ir a Cova da Iría.
No dia 13 de outubro, último encontro, setenta mil pessoas lotavam o lugar das aparições e foram testemunhas do milagre anunciado: o sol parecia mover-se medrosamente, como se estivesse para destacar-se do firmamento, crescendo entre as chamas multicores... Nossa Senhora, em momentos sucessivos, ia aumentando os prodígios para persuadir da sua mensagem, para dar a sua resposta que empenha em todos os cristãos: "Rezem o terço todos os dias; rezem muito e façam sacrifícios pelos pobres pecadores; são muitos os que vão para o inferno por não haver quem se preocupe em rezar e fazer sacrifícios por eles...” A guerra logo vai acabar, mas se não pararem de ofender ao Senhor, não passará muito tempo para vir outra pior. Abandonem o pecado de suas próprias vidas e procurem eliminá-lo da vida dos outros, colaborando com a Redenção do Salvador."

Adalberto Almeida
Missionário da Comunidade Obra de Maria - Mossoró - RN

Vinde Espírito Santo!

Chegamos ao fim do tempo pascal. Foram cinquenta dias para celebrarmos a alegria da Ressurreição do Senhor e, com ela, a certeza da nossa Salvação.
Eis-nos de regresso ao tempo comum, o tempo em que somos chamados a viver o dia a dia da nossa caminhada, estabelecendo as nossas balizas, fixando as nossas metas, nesta aventura de estarmos no mundo sem sermos do mundo.
Temos, é certo, um óptimo guia, o melhor dos guias, o Espírito Santo que, no cumprimento da profecia de Joel, não cessa de ser derramado nos nossos corações. Com ele, seremos capazes de discernir o que é bom, o que é justo, o que é agradável aos olhos de Deus. E seremos capazes de lutar sabendo que, se Deus é por nós, ninguém será contra nós.
Neste Pentecostes que chega, queremos desejar-vos a todos a disponibilidade para escutar e a ousadia para seguir aquilo que, sucessivamente, o Senhor Jesus vos irá pedindo com a Sua palavra.

quinta-feira, 28 de maio de 2009

O que é a Festa de Pentecostes?

Pentecostes, do grego, pentekostes, é o quinquagésimo dia após a Páscoa. Comemora-se o envio do Espírito Santo à Igreja.A partir da Ascenção de Cristo, os discípulos e a comunidade não tinham mais a presença física do Mestre. Em cumprimento à promessa de Jesus, o Espírito foi enviado sobre os apóstolos. Dessa forma, Cristo continua presente na Igreja, que é continuadora da sua missão. A origem do Pentecostes vem do Antigo Testamento, uma celebração da colheita ( Êxodo 23,14), dia de alegria e ação de graças, portanto, uma festa agrária. Nesta, o povo oferecia a Deus os primeiros frutos que a terra tinha produzido. Mais tarde, tornou-se também a festa da renovação da Aliança do Sinai (Ex 19, 1-16). No Novo Testamento, o Pentecostes está relatado no livro dos Atos dos Apóstolos 2,1-13. Como era costume, os discípulos, juntamente com Maria, mãe Jesus, estavam reunidos para a celebração do Pentecostes judaico. De acordo com o relato, durante a celebração, ouviu-se um ruído, "como se soprasse um vento impetuoso". "Línguas de fogo" pousaram sobre os apóstolos e todos ficaram repletos do Espírito Santo e começaram a falar em diversas línguas. Pentecostes é a coroação da Páscoa de Cristo Nele acontece a plenificação da páscoa, pois a vinda do Espírito sobre os discípulos manifesta a riqueza da vida nova do Ressuscitado no coração, na vida e na missão dos discípulos. Podemos notar a importância de Pentecostes nas palavras do Patriarca Atenágoras (1948 - 1972). "Sem o Espírito Santo, Deus está distante, o Cristo permanece no passado, o Evangelho uma letra morta, a Igreja uma simples organização, a autoridade um poder, a missão uma propaganda, oculto um arcaísmo, e a ação moral uma ação de escravos". O Espírito traz presente o Ressuscitado à sua Igreja e lhe garante a vida e a eficácia da missão. Dada sua importância, a celebração do Domingo de Pentecostes inicia-se com uma vígilia, no sábado. É a preparação para a vinda do Espírito Santo, que comunica seus dons à Igreja nascente. Pentecostes é, portanto, a celebração da efusão do Espírito Santo. Os sinais externos no livro dos Atos dos Apóstolos, são uma confirmação da descida do Espírito: ruídos vindos do céu, vento forte a chamas de fogo para os cristãos, o Pentecostes marca o nascimento da Igreja e sua vocação para a missão universal.
Peçamos então, que esse Espírito Santo venha nos trazer a vida nova, e nos impulsione a sermos verdadeiros discípulos e missionários de Jesus Cristo.

Vinde Espírito Santo!

Maria Pereira
Missionária da Comunidade Obra de Maria - Mossoró/RN

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Missa da Graça em Mossoró 2 anos de celebração

Neste mês de maio a Comunidade Obra de Maria celebrou 2 anos de Missa da Graça, com aproximadamente 2500 pessoas. Na ocasião foi lançada uma camiseta comemorativa e teve como celebrante deste mês o Pe. Josenilson que é o mais novo sacerdote do carisma Obra de Maria, ordenado em 27 de dezembro de 2008. O Pe. Josenilson como sacerdote veio pela segunda vez celebrar a Missa da Graça e no dia 16 de junho voltará a Mossoró para mais uma celebração.
A evangelização através da Missa da Graça é possível graças a doação de vários voluntários, amigos, braços-fortes, missionários e povo de Deus, aos quais agradecemos por estes dois anos de celebração.Em especial queremos agradecer ao Pe. Sátiro que desde o início nos apoiou e acreditou na seriedade do nosso trabalho. Na pessoa da irmã Zelândia queremos agradecer a todas as irmãs do Colégio Sagrado Coração de Maria, que nos disponibilizam a quadra do colégio para que a celebração aconteça.
A todos vocês o nosso muito obrigado!
Confira algumas fotos:










































terça-feira, 26 de maio de 2009

LANÇAMENTO: Camiseta da Missa da Graça

Em comemoração dos dois anos da Missa da Graça a Obra de Maria preparou esta camiseta, onde na frente tem o símbolo da Comunidade, que é usado por todos os consagrados da família Obra de Maria, onde encontramos Cristo Crucificado, ainda vivo, com Maria e o discípulo João aos pés da Cruz, no momento em que Jesus lhe entrega Maria como sua Mãe e lhe pede para levá-la para sua casa. Somos esses filhos que levam a Mãe para nossa vida e para o outros filhos que Senhor confiou a Ela. Por este motivo escolhemos o nome “Comunidade Obra de Maria”. E no verso da camiseta, traz a frase: Missa da Graça. Eu participo!!!
As cores das camisetas são: Cinza, Azul e preta com a medalha branca e branca com medalha cinza.
Adquira já a sua!
Informações 84 3314 0107
Rua Francisco Isódio, 128 - Centro - Mossoró - RN

Dia de festa! Missa da Graça em Mossoró faz dois anos

A Missa da Graça em Mossoró, tem a cada mês ganhado o coração dos mossoroenses e neste mês família Obra de Maria celebra os dois anos de muito louvor, súplica, agradecimentos e graças alcançadas. Mês a mês os padres da Comunidade Obra e Maria tem se reversado para celebrarem conosco a Eucaristia, como centro de toda a Igreja e em especial neste dia como expressão forte do nosso carisma.
A Missa da Graça em Mossoró teve início na Capela de São Vicente e aos poucos foi fazendo parte da vida de muitas famílias que se unem em oração para tocar no coração de Deus através da Eucaristia. Hoje celebramos na quadra do Colégio Sagrado Coração de Maria, com aproximadamente 2500 fiéis.
A princípio a Missa da Graça foi criada para atingir as famílias que são evangelizadas pelos missionários da Comunidade Obra de Maria, através dos Cenáculos, são cerca de 90 famílias, que recebem em suas casas avista da imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, padroeira do Brasil. Hoje além as famílias que no conseguimos acompanhar através dos Cenáculos, as famílias mossoroenses tem se unido a nós nesta celebração
E para comemorar estes dois anos de Missa da Graça a Obra de Maria preparou uma linda camiseta... Adquira já a sua !













Venha celebrar conosco estes dois anos de Missa da Graça !
Este mês a missa da graça será celebrado pelo Pe. Josenilson.
Veja outras matérias da Missa da Graça 2009

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Missa pelas famílias reuniu 30 mil pessoas em Aparecida

APARECIDA, segunda-feira, 25 de maio de 2009 (ZENIT.org).- A Missa pelas famílias na manhã de ontem no Santuário de Aparecida reuniu 30 mil pessoas, no contexto da Peregrinação em Favor da Família.

Na entrada, um grupo de pais, mães e filhos caminhou em direção ao altar, conduzindo o carro-andor com a imagem da Sagrada Família.
A celebração foi presidida pelo presidente da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), Dom Geraldo Lyrio Rocha. Contou ainda com a presença de 22 bispos e arcebispos e mais de 100 padres e seminaristas de todo o Brasil.
Dom Geraldo Lyrio destacou em sua homilia que a família é “o lugar onde se aprendem as virtudes, os valores, os critérios e as atitudes que são necessárias para uma autêntica convivência social".
O arcebispo de Mariana disse ainda que a família, “patrimônio da humanidade, constitui um dos tesouros mais importantes dos povos latino-americanos”.
Ele recordou palavras de Bento XVI em sua viagem ao Brasil de maio de 2007, quando o Papa afirmou que a família é “escola de fé, espaço de valores humanos e cívicos, lar em que a vida nasce e é acolhida generosa e responsavelmente”.
“A família é insubstituível para serenidade da pessoa e para a educação de seus filhos", recordou Dom Geraldo.

Bento XVI: força da paz está na oração

Queridos irmãos e irmãs:
Cada vez que celebramos a Santa Missa, sentimos em nosso coração o eco das palavras que Jesus confiou aos seus discípulos na Última Ceia como um dom precioso: “Deixo-vos a paz, dou-vos a minha paz” (Jo 14, 27). Que necessidade a comunidade cristã e a humanidade inteira têm de saborear toda a riqueza e o poder da paz de Cristo! São Bento foi um grande testemunho dela, porque a acolheu em sua vida e a fez frutificar em obras de autêntica renovação cultural e espiritual. Precisamente por isso, na entrada da Abadia de Monte Cassino e de todos os mosteiros beneditinos, está escrita, como oema, a palavra PAX: mais ainda, a comunidade monástica está chamada a viver segundo esta paz, que é dom pascal por excelência. Como sabeis, em minha recente viagem à Terra Santa, fiz-me peregrino da paz, e hoje – nesta terra marcada pelo carisma beneditino – foi-me dada a oportunidade de sublinhar mais uma vez que a paz é em primeiro lugar um dom de Deus e, portanto, sua força está na oração. No entanto, ela foi confiada ao esforço humano. Da mesma forma, a energia necessária para alcançá-la pode ser extraída da oração. É, portanto, fundamental cultivar uma autêntica vida de oração para garantir o progresso social na paz. Mais uma vez, a história do monaquismo nos ensina que um grande avanço de civilização se prepara com a escuta cotidiana da Palavra de Deus, que impulsiona os crentes a um esforço pessoal e comunitário de luta contra toda forma de egoísmo e de injustiça. Só aprendendo, com a graça de Cristo, a combater e vencer o mal dentro de si mesmo e nas relações com os demais, as pessoas se convertem em autênticas construtoras de paz e de progresso civil. Que a Virgem Maria, Rainha da Paz, ajude todos os cristãos, nas diversas vocações e situações da vida, a serem testemunhas da paz, que Cristo nos deu e nos deixou como tarefa a realizar em todas as partes. Hoje, 24 de maio, memória litúrgica da Bem-Aventurada Virgem Maria, Auxílio dos cristãos – que é venerada com grande devoção no santuário de Sheshan, em Xangai –, celebra-se o Dia de Oração pela Igreja na China. Meu pensamento se dirige a todo o povo chinês. Em particular, saúdo com grande afeto os católicos da China e os exorto a renovar neste dia sua comunhão de fé em Cristo e de fidelidade ao sucessor de Pedro. Que nossa oração comum obtenha uma efusão dos dons do Espírito Santo, para que a unidade entre todos os cristãos, a catolicidade e a universalidade da Igreja sejam cada vez mais profundas e visíveis.
Fonte Zenit.com

Testemunhos do terço na praça...

O terço que temos rezado durante todo este mês tem sido recheado de belíssimas experiências e testemunhos fantásticos da poderosa intercessão de Nossa Senhora na vida daqueles que tem participado todas as noites conosco.Poderia contar vários, contudo um de forma especial tomou destaque na vida de todos nós.Em uma destas noites em que estávamos rezando aproximou-se de nós três garotos de rua.Pude perceber no olhar da maioria das pessoas que estavam conosco um semblante de preocupação, que não é de se estranhar devido aos altos índices de roubos e assaltos que tem acontecidos na nossa cidade.Eu mesmo me preocupei um pouco com a situação e coloquei-me de guarda preparando-me para qualquer ação que me fosse necessário tomar.As crianças já eram um pouco grandes, estavam com algumas bolsas nas mãos e muito sujas.Então aproximaram-se do local em que estávamos e sentaram-se no chão.Vi que eles começaram a falar baixo entre si e a olhar para uma caixa de pedidos que temos e que levamos todas as noites.Esta caixa assemelha-se a um cofre e portanto deduzi logo que eles estavam querendo roubar.Ao ver toda aquela cena e creio que ao imaginar o mesmo que eu o guarda da praça aproximou-se para vê se não estava acontecendo nada de errado e como eles ficavam ali sentados entre nós conversando ele ficou observando a distância para que se necessário pudesse reagir.Todos ficamos surpresos quando uma criança abriu uma de suas bolsas e dela tirou umas moedas.E deu outros meninos também umas moedas e se levantou e foi colocar na caixa de oração pensando ela que ali era para se colocar ofertas para Nossa Senhora.O pequeno gesto deles emocionou a todos e nos deixou perplexos diante de nossos julgamentos.O mais bonito é que elas colocaram uma vez, depois se levantaram de novo e foram colocar novamente e assim repetiram este gesto mais ou menos umas três vezes.Pude perceber que o olhar antes acusador e amedrontado que existia em nossos olhos deu lugar a um olhar singelo de carinho e admiração por aquelas crianças.E elas permaneceram ali conosco até o fim do terço. No entanto não eram mais meras crianças de rua para nós, mais sim testemunhos de despojamento e de amor a Virgem Maria.Souberam dividir com a Mãe do Céu o pouco que ganharam de esmolas e engraxadas de sapatos.No fim agradecemos a eles por terem participado conosco e nos ensinado aquela grande lição.Eles então me pediram um terço para cada e no dia seguinte vieram buscar.E quando vieram já eram amigos, irmãos e reflexos de Deus para nossas almas. Depois daqueles dias infelizmente eles não voltaram mais, no entanto seus gestos não saíram da nossa memória por muito tempo. Nossa Senhora nos mandou anjos em forma de crianças para nos ensinar a amar e a acolher o pobre pequenino Jesus que estar presente em todas as pessoas.Obrigado crianças.

Confira algumas fotos do terço na praça:




domingo, 24 de maio de 2009

Eles não são deste mundo como. Eu não sou deste mundo.

Começai desde já, neste tempo santo de Páscoa, a vossa ressurreição com Cristo. Vede como Ele vos estende a mão! Ele ressuscita; ressuscitai com Ele! Saí do túmulo do velho Adão, abandonai as vossas preocupações, as invejas, as inquietações, as ambições mundanas, a escravatura do hábito, o tumulto das paixões, os fascínios da carne, o espírito frio, terra a terra e calculista, a ligeireza, o egoísmo, a preguiça, a vaidade e as manias de grandeza. Esforçai-vos doravante por fazer o que vos parece difícil mas que não deveria, e não deve, ser negligenciado: velai, rezai e meditai. [...]
Mostrai que o vosso coração, as vossas aspirações e toda a vossa vida estão com o vosso Deus. Reservai em cada dia algum tempo para ir ao Seu encontro. [...] Não vos peço que abandoneis o mundo nem que abandoneis os vossos deveres nesta terra, mas sim que retomeis a posse do vosso tempo. Que não consagreis horas inteiras ao lazer ou à vida em sociedade enquanto apenas consagrais alguns instantes a Cristo. Que não rezeis unicamente quando estais cansados e à beira de adormecer; que não vos esqueçais por completo de O louvar ou de interceder pelo mundo e pela Igreja. Comportai-vos segundo as palavras da Sagrada Escritura: "Procurai as realidades lá de cima"Mostrai a vossa pertença a Cristo, pois o vosso coração "ressuscitou com Ele" e "a vossa vida está oculta n'Ele" (Col 3,1-3).


Cardeal John Henry Newman (1801-1890), sacerdote, fundador de comunidade religiosa, teólogo

Curados para amar... segundo dia

Programação do encontro dia 24:
Pregador: Pe. Josenilson
08:00 hs : Terço Mariano
08:50 hs : Pregação
09:40 hs : Intervalo
10:00 hs : Adoração
11:45 hs : Almoço
14:00 hs : Louvor
14:20 hs : Dinâmica
15:00 hs : intervalo
15:20 hs : Santa Missa de encerramento
Celebrante: Pe. Josenilson
18:00 hs : Terço na praça do Pax
19:30 hs : Novna de Pentecostes na Capela do Espírito Santo

sábado, 23 de maio de 2009

Dia mundial de oração pela Igreja na China

PEQUIM, sexta-feira, 22 de maio de 2009 (ZENIT.org).- Continuam as peregrinações de católicos chineses a todos os santuários marianos do país às vésperas deste 24 maio, Dia mundial de oração pela Igreja na China, instituído por Bento XVI na Carta aos católicos chineses de 27 de maio de 2007.De acordo com a Agência missionária da Santa Sé, Fides, o Santuário da Virgem de She Shan, indicado pelo Papa como meta privilegiada, está recebendo uma grande quantidade de peregrinos neste mês mariano.“A média diária calcula-se já em milhares. Os fiéis provêm de Shang Hai, Jiang Su, Zhe Jiang, Hong Kong, Taiwan... e também de comunidades da diáspora chinesa”, explica a agência da Congregação para a Evangelização dos Povos.

Fonte: Zenit.org

Hoje tem curados para amar ... Confira a programação

Programação do encontro dia 23:
Pregador: Pe. Josenilson

15:00 hs : Abertura (Louvor)
15:20 hs : Pregação
16:00 hs : Intervalo
16:30 hs : Santa Missa
Celebrante: Pe. Josenilson
18:00 hs : Terço na praça do Pax
Local do encontro: Rua Dr João Marcelino S/N - Nova Betânia - No auditório da II URSAP.
Inscrições antecipadas

Mãe de todos os povos

Como sabemos Maria mãe de Jesus tem vários títulos, entre eles estão a de Nossa Senhora de Fátima, de Lourdes, Aparecida... Entre tantos outros, isso se dá por causa de suas aparições em locais diferentes e em situações diferentes. Durante quatro sábados vamos conhecer quatro títulos de Nossa Senhora, começamos hoje vamos falando um pouco sobre a história de Nossa Senhora Aparecida. Em 1717 os pescadores Domingos Garcia, Felipe Pedroso e João Alves foram encarregados de garantir o almoço do conde de Assumar, governador da província de São Paulo, eles subiam o Rio Paraíba e lançavam as redes sem muito sucesso próximo ao porto de Itaguaçu, até que recolheram o corpo da imagem. Na segunda tentativa, trouxeram a cabeça e, a partir desse momento, os peixes pareciam brotar ao redor do barco.
Durante 15 anos, Pedroso ficou com a imagem em sua casa, onde recebia várias pessoas para rezar. Mais tarde, a família construiu um oratório para a imagem, até que em 1735, o vigário de Guaratinguetá construiu uma capela no alto do Morro dos Coqueiros. Como o número de fiéis fosse cada vez maior, teve início em 1834 a construção da chamada Basílica Velha. O ano de 1928 marcou a passagem do povoado nascido ao redor do Morro dos Coqueiros a município e, um ano depois, o papa Pio XI proclamava a santa como Rainha do Brasil e sua padroeira oficial.
O seu primeiro milagre na época foi o milagre das velas onde à noite, repentinamente as duas velas que iluminavam a Santa se apagaram. Houve espanto entre os devotos, e Silvana da Rocha, querendo acendê-las novamente, nem tentou, pois elas acenderam por si mesmas. Este foi o primeiro milagre de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, mãe e padroeira do Brasil.

Nossa Senhora da Conceição Aparecida, Rogai por nós!

Adalberto Almeida
Missionário da Comunidade Obra de Maria - Missão - Mossoró - RN

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Em foco: Alda e Marconi, nos falam sobre missão e família ( Entrevista)

Como entrevistados de hoje temos Alda de Souza Santos e Marconi Aurélio dos Santos. Ambos são membros da Comunidade Obra de Maria a quinze anos, estão casados a nove anos e tem dois filhos Sarah(7anos),Thiago(5anos).
A família é o santuário da vida e é na família que nascem todas as demais vocações, nosso objetivo nesta entrevista é mostra a importância e o valor da família cristã num mundo onde o individualismo e a falta de compromisso mútuo tem perdido estes valores, ainda existem casais que se amam e que vivem o matrimônio como pede a Igreja.

Mossoro.Obra de Maria.com -(M.O.C):Por que vocês como jovens fizeram a opção de construir uma familia quando o mundo de hoje ensina que não é mais preciso constitui-la para ser feliz"?
Alda e Marconi: A felicidade somos nós que a fazemos, eu decido se quero ser feliz ou não, diante das escolhas que a vida me apresenta, e Deus jamais quer a infelicidade dos seus. No catecismo da Igreja Católica diz:1641 – “Em seu estado de vida e função (os esposos cristãos) têm um Dom especial dentro do povo de Deus” (LG 11). É confiantes nesta missão de Deus para nós que mostramos ao mundo que é possível existir um verdadeiro lar familiar de amor e respeito, onde Deus está presente, e dá sabedoria aos pais para conduzirem seus filhos, e a graça da obediência aos filhos em relação a autoridade materna e paterna dos seus pais.

(M.O.C):Qual o segredo de manter a harmonia numa vida a dois?
Alda e Marconi: Oração, perdão, partilha e confiança que é a base de qualquer relacionamento.

(M.O.C): Como se tornar uma família orante?
Alda e Marconi: É uma luta diária, tem que haver muita força de vontade de ambas as partes. E, quando um não quiser o outro deve incentivar.

(M.O.C):Quais os desafios de ser um casal missionário?
Alda e Marconi: Os desafios eles existem em qualquer estado de vida de uma vocação e na vida de um casal não é diferente. Porém, Deus é fiel e nos dar forças e ânimo para aquilo que Ele nos chama. É claro, que existe a conciliação e superação de cada dia (trabalho missionário,vida de oração, filhos, vida fraterna, vida do casal), mas a graça de Deus supera tudo. O importante é a certeza deste chamado como família, fazer a diferença, ser sal na massa:"vós sois o sal da terra"(Mt 5,13a). Mostrar que é possível formar uma família e servir a Deus.

(M.O.C):O que você diria para aqueles que tem o desejo de ser missionários casados?
Alda e Marconi: Toda vocação é um dom de Deus, e no matrimônio não é, nem deve ser diferente. Quando você tem a certeza deste chamado do Senhor, você simplesmente se lança e espera nEle. Diz na palavra de Deus:"jamais vi o justo abandonado, nem seus filhos a mendigar o pão"(Sl. 36,25), e é isto que tenho provado em minha vida missionária como mãe, esposa e serva desta Comunidade, nada nos tem faltado, mas Deus sempre nos cumula de Suas bênçãos.

Selo UNICEF

Em uma cerimônia no teatro municipal de Mossoró o Setor de Juventude da Diocese de Santa Luzia representado na pessoa de nosso irmão Nelinho Augusto recebeu das mãos da prefeita de Mossoró Fafá Rosado um certificado de agradecimento pelo os esforços realizados em prol da juventude. Este certificado chegou na hora em que o município recebia o selo UNICEF pelos seus serviços prestados na área de educação, cultura e lazer para as crianças, adolescentes e jovens.Como o Setor de Juventude participou da comissão para a obtenção desde segundo selo nada mais do que justo homenagear aqueles que com seus trabalhos constroem o futuro do amanhã. Parabéns Setor de Juventude.

quinta-feira, 21 de maio de 2009

Maria, medianeira de todas as graças

São Luiz Maria de Monfort relata no Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem: " Deus Pai ajuntou todas às águas, e denominou-as mas; reuniu todas as graças e denominou-as Maria. Esse grande Deus tem um tesouro, um depósito riquíssimo, onde encerrou tudo o que há de belo, brilhante, raro e precioso, até seu próprio Filho; e este tesouro imenso é Maria, que os anjos chamam tesouro do Senhor, e de cuja plenitude os homens se esqueceram".
Cada católico, devoto de Nossa Senhora sabe que Ela é tudo isso e muito mais, Deus assim quis que Ela tivesse todos os títulos, o mais belo é que Jesus no alto da cruz nos dá tamanha dádiva, ao entregar João aos cuidados de Maria e Ela aos cuidados de João ( Jo 19,26-27). Ele partilha conosco o que tem de mais precioso, com esta doação podemos obter todos os ensinamentos que Jesus teve de sua mãe. Ele nos concedeu a graça de sermos assistidos por Ela, em todas as circunstâncias. Só nos resta sabermos aproveitar e colher dela tudo o que Ela pode nos oferecer, certos de que no coração da Virgem Maria sempre cabe mais um.

Santa Maria mãe de Deus e nossa mãe, rogai por nós!
Maria Pereira
Missionária da Comunidade Obra de Maria - Mossoró - RN

Papa convida jovens a serem missionários do mundo digital

Por ocasião da Jornada Mundial das Comunicações Sociais
CIDADE DO VATICANO, quarta-feira, 20 de maio de 2009 (ZENIT.org).- Bento XVI pediu aos jovens que sejam missionários do mundo digital, na véspera da inauguração de uma nova iniciativa da Santa Sé que aproxima o Santo Padre da juventude, www.Pope2you.net. A exortação do Santo Padre ressoou na Praça de São Pedro no final da audiência geral da quarta-feira, por ocasião da próxima Jornada Mundial das Comunicações Sociais, que a Igreja celebrará no próximo domingo, 24 de maio. O Papa quis que este ano esta Jornada esteja dedicada ao tema “Novas tecnologias, novas relações. Promover uma cultura de respeito, de diálogo, de amizade ” para convidar “todos os que utilizam as novas tecnologias da comunicação, em especial os jovens – como ele mesmo disse –, a utilizá-las de uma maneira positiva e a compreender o grande potencial desses meios para construir laços de amizade e solidariedade, que podem contribuir para um mundo melhor. “As novas tecnologias produziram mudanças fundamentais na maneira de difundir as notícias e a informação, de comunicar-se e relacionar-se – constatou. Desejo alentar todos os que acessam a rede a procurar manter e promover uma cultura de respeito, diálogo e amizade autêntica, para que floresçam valores como a verdade, a harmonia e a compreensão.”No final, o Papa fez um convite particular aos jovens: “Testemunhai a fé através do mundo digital! Utilizai essas novas tecnologias para dar a conhecer o Evangelho, de modo que a Boa Nova do amor infinito de Deus por todos ressoe de maneiras diferentes em nosso mundo cada vez mais tecnológico!”. Ao convite de Bento XVI se seguirá, nesta quinta-feira, a iniciativa do Conselho Pontifício para as Comunicações sociais, www.Pope2you.net, uma janela aberta para as novas tecnologias e redes sociais que permitirá aos jovens acompanhar mais de perto a atividade de Bento XVI, em particular através do YouTube, Iphone e Facebook.

Fonte: Zenit.org

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Curados para amar

Este é um encontro de cura e libertação, onde abrimos o nosso coração para Deus, para que Ele entre em nossa vida e nos lave com seu amor curando nossas feridas, nos deixando livres para amar.
É um encontro com vagas limitadas, as inscrições poderão ser feitas por telefone (84) 3314 0107 ou na casa de missão.(Rua Francisco Isódio, 128 - centro- Mossoró) Entrada um quilo de alimeto.

Local do encontro: Rua Dr João Marcelino S/N - Nova Betânia - No auditório da II URSAP.

Programação do encontro:
Pregador: Pe. Josenilson

DIA 23:
15:00 hs : Abertura (Louvor)
15:20 hs : Pregação
16:00 hs : Intervalo
16:30 hs : Santa Missa
Celebrante: Pe. Josenilson
18:00 hs : Terço na praça do Pax
DIA 24:
08:00 hs : Terço Mariano
08:50 hs : Pregação
09:40 hs : Intervalo
10:00 hs : Adoração
11:45 hs : Almoço
14:00 hs : Louvor
14:20 hs : Dinâmica
15:00 hs : intervalo
15:20 hs : Santa Missa de encerramento
Celebrante: Pe. Josenilson
18:00 hs : Terço na praça do Pax
19:30 hs : Novna de Pentecostes na Capela do Espírito Santo

Nossa agenda

SEXTA-FEIRA 22:
Santa Missa na Casa de Missão - Rua Francisco Isódio, 128 - centro, às 19:00 hs
Celebrante: Pe. Josenilson

SÁBADO 23 e DOMINGO 24:
Encontro Curados para Amar - Rua Dr João Marcelino S/N - Nova Betânia - No auditório da II URSAP.

Programação do encontro:

DIA 23:
15:00 hs : Abertura (Louvor)
15:20 hs : Pregação
16:00 hs : Intervalo
16:30 hs : Santa Missa
Celebrante: Pe. Josenilson
18:00 hs : Terço na praça do Pax

DIA 24:
08:00 hs : Terço Mariano
08:50 hs : Pregação
09:40 hs : Intervalo
10:00 hs : Adoração
11:45 hs : Almoço
14:00 hs : Louvor
14:20 hs : Dinâmica
15:00 hs : intervalo
15:20 hs : Santa Missa de encerramento
Celebrante: Pe. Josenilson
18:00 hs : Terço na praça do Pax

19:30 hs : Novna de Pentecostes na Capela do Espírito Santo

TERÇA FEIRA 26: (Aniversário de 2 anos)
18:30 hs :Missa da Graça, no Colégio Sagrado Coração de Maria
Celebrante: Pe. Josenilson

Domingo 31:
17:00 hs: Encerramento do terço na praça do Pax

RETRATO DE MARIA

No livro dos Provérbios, capítulo 31, versículo 10, encontramos a seguinte indagação: “Uma mulher virtuosa, quem pode encontrá-la?”, a esta podemos responder: Deus, que não só encontrou, mas escolheu para ser a Mãe do Salvador.Como poderíamos nesse pequeno comentário retratar a beleza da mais bela de todas as mulheres, Daquela que resplandeceu no horizonte, formosa e louçã, dando ao sol a cobiça e que agraciada por Deus foi escolhida para ser a Mãe do Verbo que se encarnou?
Diante da nossa incapacidade, recorremos às palavras de Nicóforo que definiram o “retrato de Maria” feito por Santo Epifânio, esboçado no século IV: “A Virgem não era alta, embora de estatura mediana; a sua cor, levemente bronzeada pelo sol do país, tinha o matiz rico das espigas de trigo maduro; os cabelos loiros, os olhos vivos, as pupilas azeitonadas, as sobrancelhas perfeitamente arqueadas e pretas; o nariz de um primor notável, era aquilino; os lábios rosados; as linhas do rosto em oval; as mãos e os dedos compridos. Era a expressão perfeita da união de graça divina com a beleza humana.”Santo Ambrósio, comentando sobre essa descrição afirmou que Sua beleza física era “apenas um véu transparente, um reflexo longíquo dos Seus encantos intelectuais e imperecíveis”.
Compreender, portanto, tão grande beleza é mergulhar no oceano infinito do Amor de Deus que disse “Faça-se” e a criação se fez; é contemplar a misericórdia divina desde o ventre de Sant’Ana, no qual Maria foi gerada, até a Sua assunção ao céu; é fazer das palavras de Santa Bernadete as nossas: “Minha senhora é bela, tão bela que não tem semelhante, tão bela que, vista uma vez, se deseja morrer para a ver de novo; tão bela que, quando se viu, não se pode amar coisa alguma terrena”.
A beleza de Maria é um retrato perfeitíssimo do Seu Divino Filho Jesus Cristo, e essa identidade de sangue com o Salvador implica em Maria ser a Mãe de todos os povos e por isso se revelar de acordo com a realidade de cada um dos seus filhos, de todas as raças e cor.
Quisera ó Maria que todas as mulheres da terra aprendessem de Ti a delicadeza, a suavidade, a humildade, a simplicidade e o decoro no vestir, no falar, no agir e descobrissem a graça de terem sido criadas como mulher e assim pudessem refletir a imagem da Tua beleza feminina, pois “em cada mulher que a terra criou, um traço de Deus, Maria deixou”.
Ò Nossa Senhora da Conceição Aparecida, rogai por nós.

Tásia Simone
Missionária da Comunidade Obra de Maria - Mossoró - RN

terça-feira, 19 de maio de 2009

Aborto com pílula também é crime

Bispos espanhóis recordam documentos sobre este tema

MADRI, terça-feira, 19 de maio de 2009 (ZENIT.org).- Por ocasião da autorização na Espanha da compra em farmácias da pílula do dia seguinte sem a necessidade de receita médica, a Conferência Episcopal Espanhola pôs à disposição, em sua página web, uma série de documentos emitidos por este organismo episcopal sobre o tema, entre 1998 e 2001, com o título “O aborto com pílula também é um crime”.
“A Secretaria Geral da CEE – diz a apresentação dos documentos –, por indicação expressa do Comitê Executivo, reunido em 14 de maio de 2009, diante das surpreendentes medidas que permitem a venda sem prescrição médica de fármacos com possíveis efeitos abortivos e eventuais sequelas negativas para a saúde das mulheres ou meninas que os utilizem, publica novamente as orientações que a Conferência Episcopal emitiu a este respeito.”
Os documentos (em espanhol) são:

La píldora del día siguiente, nueva amenaza contra la vida (Asamblea Plenaria, 2001).

Sobre la "píldora del día siguiente" (Subcomisión Familia y Vida, 2000).

Con la píldora también se mata (Comisión Permanente, 1998).

El aborto con píldora también es un crimen (Comisión Permanente, 1998)

Fonte Zeni.org

É o Espírito que vivifica (2Cor 3, 6)

A água que Eu lhe der tornar-se-á nele uma nascente de água a jorrar para a vida eterna (Jo 4, 14). É uma água completamente nova, viva e que jorra, que jorra para aqueles que são dignos dela. Por que razão é o dom do Espírito apelidado de água? É porque a água está na base de tudo; porque a água produz a vegetação e a vida; porque a água desce do céu sob a forma de chuva; porque, ao cair sob uma única forma, ela atua de uma maneira multiforme. [...] Ela é diferente na palmeira, diferente na vinha, ela dá-se inteiramente a todos. Tem apenas uma maneira de ser e não é diferente de si mesma. A chuva não se transforma quando cai aqui ou ali mas, ao adaptar-se à constituição dos seres que a recebem, produz em cada um deles aquilo que lhe convém.
O Espírito Santo atua assim. Apesar de ser único, simples e indivisível, «Ele distribui os seus dons a cada um conforme entende (1Cor 12, 11). Da mesma maneira que a lenha seca, associada à água, produz rebentos, a alma que vivia no pecado, mas que a penitência torna capaz de receber o Espírito Santo, produz frutos de justiça. Embora o Espírito seja simples, é Ele, por ordem de Deus e em nome de Cristo, que anima numerosas virtudes.
Ele utiliza a língua deste ao serviço da sabedoria; ilumina pela profecia a alma daquele; dá a outro o poder de expulsar os demónios; dá a outro ainda o de interpretar as divinas Escrituras. Fortifica a castidade de um, ensina a outro a arte da esmola, ensina àquele outro o jejum e a ascese, a outro ainda ensina a desprezar os interesses do corpo, prepara outro para o martírio. Diferente nos diferentes homens, Ele não é diferente de si mesmo, tal como está escrito: Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um para proveito comum (1Cor 12, 7).

São Cirilo de Jerusalém (313-350), Bispo de Jerusalém e Doutor da Igreja

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Vós também haveis de dar testemunho


A missão de Cristo na terra estava cumprida, mas era necessário que nos tornássemos participantes da natureza divina do Verbo (2Pd 1, 4), isto é, que a nossa vida anterior fosse abandonada para se transformar numa nova [...]. De fato, enquanto viveu visivelmente entre os seus, Cristo surgia-lhes, segundo julgo, como o dispensador de todos os bens. Mas quando chegou o momento em que teve de subir ao Pai celeste, foi necessário que Ele continuasse presente entre os seus fiéis por meio do Espírito e que habitasse pela fé nos nossos corações (Ef 3, 17).
Aqueles em quem habita o Espírito são transformados e recebem d'Ele uma vida nova, como facilmente podemos demonstrar pelos exemplos tanto do Antigo como do Novo Testamento. Samuel, dirigindo-se a Saúl, diz: O espírito do Senhor virá então sobre ti (1Sam 10,6). E São Paulo afirma: E nós todos que, com o rosto descoberto, refletimos a glória do Senhor, somos transfigurados na Sua própria imagem, de glória em glória, pelo Senhor que é Espírito (2 Cor 3, 18).
Vês como o Espírito transforma noutra imagem aqueles em quem habita? Facilmente os faz passar da consideração das coisas terrenas ao olhar voltado unicamente para as realidades celestes, e os conduz da tibieza à vida heróica. Foi o que sucedeu com os discípulos: fortalecidos pelo Espírito, não se deixaram intimidar pelos seus perseguidores, permancendo unidos a Cristo pelo vínculo de um amor invencível. Fato indubitável. É pois verdade o que nos diz o Salvador: É melhor para vós que Eu vá (Jo 16, 7). Pois esse é o momento da descida do Espírito Santo.

S. Cirilo de Alexandria (389-444), Bispo e Doutor da Igreja

sábado, 16 de maio de 2009

Maria passa na frente

Hoje dia dedicado a Nossa Senhora mais do que tudo devemos pedir a ela que passe na frente, de nossos problemas, de nosso trabalho, de nossos estudos, de nossa vida. Pedir a intercessão da mãe nunca é de mais, não quer dizer que não vamos pedir a Deus mais parece que quando pedimos a mãe fica mais fácil alcançarmos a graça que nós pedimos.Quando um filho quer uma coisa muito grande ou fez alguma coisa errado primeiro ele vai a mãe para que ela fale com o pai para que ela prepare o terreno e até mesmo o acalmar , e a aceitação do pai é maior pois a mãe preparou a aceitação do pai, assim também somos nós com Deus pedimos muitas vezes a Nossa Senhora e com um jeito especial de mãe, ela pedi a Deus e se for realmente para acontecer Ele da a graça através da intercessão da mãe.

Neste dia dedicado a Maria mãe de Deus e nossa mãe, conte um testemunho da sua experiência com ela...

Maria Passa na Frente!

Adalberto Almeida
Missionário da Comunidade Obra de Maria - Mossoró - RN

quinta-feira, 14 de maio de 2009

Maria: Mãe, Modelo e Rainha.

Nunca é demais falar dessa mulher, quanto mais você conhece mais apaixonado fica. Mulher servidora e disponível à vontade do Pai é também mestra da fé, aquela que guarda e medita os acontecimentos no seu coração procurando acolher a vontade de Deus a cada momento. Maria é modelo e imagem do seguimento de Jesus. Ela é a escola onde aprendemos a seguir a Cristo. É modelo de escuta, serviço, gratuidade e amor, ensina-nos a permanecer de pé em meio as dificuldades, nos inspira com seu testemunho a avançar na missão. Maria é modelo de vida espiritual e o grande modelo de contemplação eucarística, aquela que sabe ouvir e acolher a palavra de Deus. Ao olhar para a Virgem Maria contemplo alguém que deu o SIM a Deus sem reserva. Não poderei jamais passar o mês de maio em branco, como falei na quinta-feira passada, Nossa Senhora tem um papel muito importante na minha vida, em especial na minha vocação. Em 1999 comecei a assistir a Canção Nova, minha mudança de vida se deu através das muitas pregações de Pe. José Augusto, sempre tive o desejo de conhecê-lo, isso aconteceu em 2001, porém havia em meu coração o grande desejo de conhecer a Canção Nova, sempre pedi a Virgem Maria que providenciasse para que um dia eu pudesse realizar esse sonho, 10 anos se passaram e enfim chegou o grande dia, sábado e domingo próximo estarei na Canção Nova no Kairós com a Obra de Maria, ontem 13 de maio me emocionei ao ouvir e cantar a treze de maio na Cova da Iria do céu aparece a Virgem Maria.Lembrei-me dos sonhos da minha infância e que ela cuidou de forma carinhosa para que todos eles acontecessem. Com tudo isso só me resta agradecer e pedir que ela continue cuidando de cada um de nós.

Maria Pereira
Missionária da Comunidade Obra de Maria - Mossoró/RN